domingo, 4 de janeiro de 2015

2015 será o ano da "internet das coisas"


De acordo com os especialistas, neste ano que se incia, há uma forte tendência das máquinas falarem com as máquinas, cada vez mais, emitindo ordens inteligentes para a realização de tarefas do cotidiano, como o comando de eletrodomésticos pelo celular. 

Depois de os computadores se conectarem via web e de as pessoas fazerem das redes sociais a extensão de suas vidas, 2015 deve ser o ano que consolidará a chamada "internet das coisas" – termo criado para explicar a conversa entre máquinas, o que, na vida real, já permite que celulares comandem lavadoras de roupas e se conectem a carros, por exemplo.

No Brasil, o BNDES já realizou seminários em que indicou ter linhas de investimento para a área e, em maio, desonerou aparelhos de internet M2M (máquina-a-máquina). O nome pode parecer estranho, mas são essas conexões que ligam maquininhas de cartão de crédito, por exemplo. Até agosto, já eram 9,2 milhões de aparelhos M2M no país.

"A expansão da banda larga muda o comportamento do consumidor, que pressiona por novos serviços. O cidadão fica 'inteligente', utiliza vários apps que facilitem o deslocamento pela cidade, além de acessar serviços públicos por aplicativos. Conforme avançar o uso da banda larga e a cobertura de celular de qualidade no Brasil, "internet das coisas" caminhará mais rápido.


Com informações de G1 Tecnologia & Games 
.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito bem... quero saber sua opinião!!!

Related Posts with Thumbnails