terça-feira, 28 de junho de 2011

Todo mundo conectado

Estudo divulgado pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil mostra os atuais números da inclusão digital:

- 9% a mais de casas brasileiras com computador
- Em 2010 eram 32% de casas brasileiras com um computador e agora são 35%
- A população de baixa renda está tendo mais acesso ao computador portátil 
- Os notebooks aumentaram a sua presença na classe C em 67%. Na classe B, o aumento foi de 53% contra 31% na classe A.
- Casas somente com notebook cresceram de 2% para 4%.
- O acesso à internet nas casas de regiões urbanas aumentou 15%,
- O aumento de casas brasileiras com conexão entre 2009 e 2010 passou de 27% para 31% nas áreas urbanas. Nas áreas rurais, o acesso ficou estável em 6%.
- A acesso em locais como trabalho (22%), escola (14%), "casa de outras pessoas" (27%) e "centros públicos de acesso gratuito à internet (telecentros)" (4%)
-A média anual de crescimento do acesso à web foi de 19% entre 2005 e 2010.
- 13% dos indivíduos que acessam à Internet tem baixa escolaridade, principalmente analfabetos e com ensino infantil,
- Caiu o número de usuários que utilizam rede discada, na zona urbana, apenas 13%
- O uso de banda larga corresponde a 68%, com crescimento no uso de conexões de banda larga móvel, com a popularidade da rede 3G.
- A banda larga fixa cresce na zona rural. Entre 2009 e 2010, a proporção de domicílios aumentou 9%.
- O uso de rede 3G cresceu 63% em áreas rurais. Na área urbana, o aumento foi de 67% .Já o modem 3G em domicílios da área urbana cresceu de 6% para 10%.
- As lan houses continuam sendo o segundo local em que os brasileiros mais utilizam para acessar a web.
- 60% dos internautas da área urbana acessam a web diariamente. 48% o fazem na zona rural.
- 90% dos usuários da classe A fazem uso diário da internet contra 53% da classe C e 35% da classe D e E.
- Problemas de custo e de infraestrutura são os maiores obstáculos para o acesso
- Conexões de 1 Mbps estão caindo desde 2008,
- Velocidades acima de 2 Mbps passaram de 7% para 15%. Conexões até 2 Mbps passaram de 15% para 24%.
- E-mail, bate-papo, redes sociais e Skype correspondem a 94% dos motivos de acesso
- 50% dos usuários usam algum tipo de rede social, com maior penetração entre os jovens de 16 a 24 anos (80%). 
- O Nordeste é onde está a maior parcela dos entrevistados que afirmaram usar redes sociais, com 75%, seguidos de Sul e Centro-Oeste, ambos com 70%, Norte com 68% e Sudeste com 67%.
- O Twitter é mais utilizado por pessoas das classes A e B, com ensino superior completo e entre indivíduos de 16 a 34 anos.
- 21% da classe A usa o celular para acessar a web, contra 10% da classe B, 5% da classe C e 1% da classe D e E.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito bem... quero saber sua opinião!!!

Related Posts with Thumbnails