quinta-feira, 5 de maio de 2011

Retorno de investimento em Mídias Sociais


Nem sempre é possível calcular financeiramente (aumento nas vendas, efetivação de negócios, lucro, entrada de dinheiro) o investimento aplicado no gerenciamento de conteúdo e atividades nas mídias sociais.  É bom lembrar que em mídias sociais, a mensuração precisa ser feita levando em conta as "trocas relacionais" que se dão nesses ambientes, mediante o engajamento dos clientes, ao "curtir", postar comentários, dar "RT's", acessar links e o tempo desprendido nas visitações.

É um investimento de construção de marca que não pode ser avaliado a curto prazo, na ansiedade de "ver na ponta do lápis, se o investimento está se pagando".  Em tais ambientes a interação é a moeda de ouro, o que se dá a partir da confiança e coragem de interagir num mundo em que clientes e usuários geram conteúdo a partir de suas experiências com marcas, produtos e serviços. Não são mais um veículo de comunicação, mas uma rede de conteúdo colaborativo em que milhões são autores.

Segundo matéria da Revista HSM Management/março 2011, é preciso aprender a tirar proveito das características que distinguem as mídias sociais das demais, como:
- Conhecimento da marca:  estudos e pesquisas de opinião que podem ser feitas on line de forma criativa, levando em conta as menções e citações da marca.
- Envolvimento dos clientes: se for "a partir de conteúdo gerado pelos próprios usuários, tendem a conseguir comprometimento dos consumidores, reforçando a lealdade à marca e fazendo com que o cliente esteja mais propenso a apoiar a marca no futuro".
- Boca a boca: uma vez conscientes da existência da marca e envolvidos com ela, os clientes têm condições de transmitir suas opiniões a outros consumidores, positivas ou não.

Os gestores antenados não esperam sentados pelos resultados em mídias sociais. Eles ouvem cuidadosamente, porque sabem que o cliente não apenas “consome”, mas também pode comentar (“criação”), compartilhar com seus amigos (“conexões”) e dar sua opinião, sem ser censurado (“controle”). E, além de acompanharem essas reações, tais gestores agem.

Vale a pena ler a matéria completa e acompanhar o raciocínio para calcular sabiamente o retorno dos investimentos em mídias sociais. 

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito bem... quero saber sua opinião!!!

Related Posts with Thumbnails