quinta-feira, 19 de maio de 2011

A Internet das coisas no dia-a-dia

E como será mais fácil e divertido visitar o shopping, experimentar e comprar roupas!


Trazer para o mundo físico e real, as conexões do mundo virtual e/ou vice-versa é uma ideia que encanta os seres humanos há muito tempo. O cinema já deu boa prova disso, ainda em 1984 com o legendário filme O Exterminador do Futuro em que o personagem de Arnold Schwarzenegger acessava informações sobre lugares, pessoas e objetos somente pelo 'escanear' de seu olhar.

Esse sonho da "Internet das Coisas" começa a se materializar - literalmente - mediante as possibilidades que tecnologias com equipamentos dotados de inteligência artificial, objetos capazes de 'dialogar', interagir entre si e emitir informações a partir de leituras de situações diversas, via um chip pré-instalados e leitores de RFID.

O exemplo clássico é o da geladeira inteligente, capaz de identificar a falta de alimentos no estoque, buscar receitas em sites especializados e acrescentar produtos à lista de compras do supermercado, aprovada e confirmada pela internet com um clique pelo usuário. Os próprios objetos seriam responsáveis por essa interação: um chip na caixa de leite, por exemplo, avisa o aparelho da proximidade da data de vencimento. Ao sair da geladeira, o último refrigerante avisa, eletronicamente, que é preciso comprar mais.

Outra aplicação pode ser no transporte público, em que é possível avisar o horário exato em que o ônibus passará pelo ponto, mesmo em casos de ocorrências anormais como congestionamentos, graças à inteligência de máquinas instaladas em vários pontos e que lêem a configuração da cidade.

Nas relações pessoais, em vez de trocarmos cartões de visita "clicamos" uns nos outros e nos tornamos contatos em nossas redes sociais, sugeres cesar Brod no artigo Internet das Coisas.  Folders e brochuras de um evento não serão mais necessários, pois ao "clicamos" nos elementos dos quais queremos mais informações, elas imediatamente passam para nossos perfis virtuais e então, poderemos  comentá-los, compartilhá-los e pedir opiniões aos amigos. O que certamente será bem mais ecológico, pois evitaria a derrubada de milhares e milhares de árvores para a produção de papel.

Trazer para o real as conexões do mundo virtual é bem mais vantajoso do que sucumbir a uma vida virtual demais. 

Fontes: Dicas L e G1 Tecnologia
.

Um comentário:

Muito bem... quero saber sua opinião!!!

Related Posts with Thumbnails