terça-feira, 4 de janeiro de 2011

A privacidade dos relacionamento no mundo digital

Nesses tempos de redes sociais, celulares multifuncionais, notebooks, tablets e demais dispositivos digitais qual é o limite da privacidade nos relacionamentos amorosos?  Os casais de namorados, noivos, cônjugues e demais parceiros devem partilhar suas respectivas senhas ou manter a privacidade individual dessas informações?

A recente notícia de que um jovem americana esfaqueou seu namorado porque ele não deixou que ela visse a sua página na rede social Facebook abre espaço para muitas reflexões e indagações sobre o tema. Até que ponto, os parceiros devem manter tal abertura?

Neste caso, deixando o aspecto da violência doméstica de lado, o que chama atenção é o motivo da briga: divergência sobre os limites da privacidade. A mulher queria ter acesso ao perfil dele na rede social. Ele achava que ela não tinha direito de entrar nessa parte da vida dele. Será que ele a estava traindo? E isso dá o direito dela entrar na página dele?

Conheço casais que 'invadem' os e-mails uns dos outros, vasculham logs de bate-papos, fiscalizam os celulares desde as agendas até a relação das chamadas entradas, perdias e realizadas... Por outro lado, tem os mais ciumentos que impõem transformar os perfis individuais do Orkut, Twitter, Facebook e etc... em uma página do casal... publicando fotos juntos, mostrando como são felizes!!! Críticas a parte, "cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é...

Mas, qual é o limite da privacidade? Claro que a delimitação é algo pessoal, mas é preciso respeitar o que o outro quer manter como somente seu... E se é típico da Internet a diminuição das distâncias e do espçao privado, imagine somar a uma relação invasiva até o limite do possível?

Sobre o tema, a psicóloga Andréa Jotta, pesquisadora do Núcleo de Pesquisas de Psicologia em Informática da PUC de São Paulo, afirma que "não querer dividir a senha de e-mail, não quer dizer que esteja fazendo algo antiético. Está apenas defendendo algo que é só da pessoa e que não quer dividir”.

Bom , porque, particularmente, não sou fã da ideia de compartilhar minhas senhas de e-mail, redes sociais, celular e etc...  e considero a recíproca válida!


Com informações do 7X7 da Época 
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito bem... quero saber sua opinião!!!

Related Posts with Thumbnails