sexta-feira, 29 de outubro de 2010

A revolução evangélica do Brasil e os curandeiros milagrosos

De acordo como a matéria "Brazil's evangelical revolution sees miracle healers take centre stage" publicada hoje (29), pelo britânico The Guardian, a pobreza e a tecnologia contribuem para o "boom" do pentecostalismo no país com maior número de católicos, no mundo.

O texto enfatiza a onda de milagres, concentrando-se na atuação da menina Alani dos Santos, mais conhecida como Missionarinha que é, supostamente, capaz de curar várias doenças - câncer, úlceras, feridas, dor de coluna e etc... - com o toque de suas mãos.Alani dos Santos A matéria cita que em vez de atrás do púlpito ter uma faixa alusiva ao nome do Filho de Deus, nesta Igreja Pentecostal do Milagre, na cidade de São Gonçalo (RJ),  há um cartaz sinalizando a  "Explosão de Milagres" e as atenções voltam-se para a menina de seis anos, vestida de rosa.

Para o cientista político da Universidade Católica do Rio de Janeiro, Cesar Romero Jacob, a revolução evangélica do Brasil tomou conta de duas áreas fundamentais: regiões remotas na Amazônia e na periferia das cidades brasileiras privadas, tais como Rio de Janeiro.  Ele acrescenta que "se a Igreja Católica e o Estado não estão presentes, alguém vai ocupar o espaço". E o crescimento pode ser visto a olho nu.  Segundo o último censo do IBGE, o número de católicos caiu, enquantoo pentecolstalismo cresceu.

Além disso, a tecnologia é um aliado aos evangélicos que disseminam cultos, pregações e apelos em vários canais da Internet, sendo o Youtube o favorito deles. 

Fonte: The Guardian

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito bem... quero saber sua opinião!!!

Related Posts with Thumbnails