quarta-feira, 18 de novembro de 2009

A onda "helena na cabeça"

É cada vez maior o número de mulheres que resolvem abandonar a chapinha e aderir ao visual a la Helena, personagem da atriz Thaís Araújo (foto), na novela global do horário nobre.
O tema já norteou matéria de TV, mas a constatação obtive empiricamente, diante da grande quantidade de solicitações de amigas pedindo, consultoria e dicas para montar o "kit de sobrevivência dos cabelos crespos sem prancha". Pronto. Virei referência... era só o que me faltava!!!
Outro ponto que fortalece a constatação de que as "escravas da prancha" estão pedidno carta de alforria, foram os simples comentários de minha cabeleireira, assoberbada diante da falta de horário em sua agenda, pois a demanda de clientes em busca do permanente cresceu numa proporção de 3 em cada 4.
Longe de uma aceitação da estética do cabelo negro ou uma conscientização étnica (como entende o bloguerio RB no post "Cabelo bom"), vejo esta correria pelos cachos crespos como mais um modismo que passará, assim que a novela acabar. Pior que isso: a novela apenas apresenta um penteado... e só! Isso é o bastante para todas desejarem e correrem para o salão! Até mesmo outro noveleiro, o Agnaldo Silva, criticou a história em que a protagonista negra da trama não traz consigo nenhum componente racial.
Longe de um estilo consciente, é só um simples figurino e a superpoderosa influência da TV. O tão recente "amor aos cachos" não passa de moda, febre do momento. Enquanto isso, nas ruas, cada mais vejo que a onda é "helena na cabeça" e haja lucro para minha cabeleireira!!!

Um comentário:

  1. É lamentável a falta de capacidade da maioria da população negra de se redescobrir.

    ResponderExcluir

Muito bem... quero saber sua opinião!!!

Related Posts with Thumbnails