domingo, 15 de novembro de 2009

Cantadas que ofendem

Nada pior do que andar pela rua e ouvir "comentários masculinos sem propósito". É o fim! O ouvido se transforma em "pininco". A falta de criatividade e grosseria machista chega a ser um insulto a todas as faculdades mentais, morais e etc... Algumas mulheres que conheço já desenvolveram a técnica de seguir reta e sem expressão, filtrando a "frase infeliz", proferida por um sujeito que muitas vezes, nem chega ao status de "conquistador barato". Outras, defendem-se com ironias e respostas espartanas...


Mais do que isso, ele critica essa cultura machista que faz alguns "seres supostamete mais fortes" sentirem-se no direito de proferir "elogios desrespeitosos" como se o outro ser humano estivesse ali para ser desrespeitado, devido a uma vestimenta ou um atributo de seu corpo que, por ventura, desperte algum tipo de fantasia (aqui eu já considero motivo de terapia, tratamento....).

Não só em culturas orientais e fundamentalistas mas no Ocidente com sua pose de liberal e aberto, mulheres são desrespeitadas, insultadas e até amedrontadas com "galanteios acintosos" e as vezes "toques e beliscões" para conferir a "textura do material" (um acinte!). Acho que deveria haver algum mecanismo de defesa e punição para esses agressores... Quem sabe daqui a alguns anos com os avançso das discussões de gêneros e elaboração de leis mais amplas!

Sempre pensei assim, ao longo de minhas caminhadas e comprovações empíricas. Vejo que não estou só, pois o memso autor também defeende em seu texto: "Minha opinião, pelo que vale, é que esse tipo de comportamento insultuoso tem de ser reprimido: socialmente e, se necessário, pela polícia."

É esperar para ver!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito bem... quero saber sua opinião!!!

Related Posts with Thumbnails