domingo, 6 de julho de 2008

Sim, 'Cântico dos Cânticos' é sagrado

"Sem dúvida, o sentido primeiro [do poema] é o amor humano, com tudo o que ele tem de paixão, crise, atração, desejo etc."... Por que, então, a inclusão do texto sensual no cânon sagrado? A explicação mais provável, sugerem os especialistas, é o fato de que a separação entre amor humano e amor divino que existe na cultura moderna era bem menos rígida na sociedade dos antigos israelitas. "No mundo antigo, tudo, inclusive as técnicas artesanais, o amor, a guerra e até os acordos políticos e diplomáticos tinham a ver com divindades", (...)

O grifo é parte de um artigo sobre a canonicidade do livro Cântico dos Cânticos, integrante do velho testamento da Bíblia Sagrada. Diante dos aspectos sensuais da obra, a exaltação do amor de jovens apaixonados e suas fantasias com riqueza de detalhes, muitos têm a dúvida se realmente é um livro sagrado. De mim, não resta dúvida da sacralidade e, ainda mais, que é inspirado divinamente... gosto de pensar num Deus que fica feliz ao contemplar a plenitude do amor em meio a um ambiente composto por licitudes. E depois, bem no final, não foi nenhum poeta bíblico que escreveu: "todo amor é sagrado..." e a grande maioria das pessoas que eu conheço não discorda disso.

:) :) :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito bem... quero saber sua opinião!!!

Related Posts with Thumbnails